Flex Wheeler: Exemplo de Coragem e Superação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Flex Wheeler: Exemplo de Coragem e Superação

Mensagem  cupertino em Dom Jun 03, 2012 9:50 am


Com nove anos de idade praticava artes marciais. Passou pelo kempo, Taekwondo, este esporte lhe ensinou alguns valores tais como: disciplina, respeito ao próximo entre outras, em seguida começou a treinar com pesos.

Flex competiu pela primeira vez em 1983, entretanto, foi em 1985 que venceu o seu primeiro torneio o Mr. America, categoria (teen), em 1989 venceu o campeonato NPC onde conseguiu o seu Pro card. A partir daí, em 1993 venceu o Iron man e ainda no mesmo ano ganhou também o Arnold Classic e foi segundo lugar no Mr. Olympia, o primeiro foi Dorian Yates. Em 1994 Flex decidiu competir apenas no Mr. Olympia, de modo que seus treinos ficaram focados em um único evento.

Certo dia quando dirigia seu carro em alta velocidade, sofreu um grave acidente que resultou em fratura na cervical entre outras lesões. No hospital os médicos disseram a ele que jamais voltaria a competir. Flex disse: “lembro de quando estava no hospital e me olhava e pensava, “e agora o que vou fazer?” Então voltou em 1995 para disputar o Iron Man e pegou o primeiro lugar. E no Arnold Classic ficou em segundo, no Olympia ficou em oitavo lugar, em 1997 competiu no Arnold Classic e o resultado foi o primeiro lugar. De modo que levou cerca de dois anos para ficar realmente em boa forma. Aliás, só o Arnold Classic Flex
venceu quatro vezes. Os anos foram: 1993, 1997, 1998 e 2000, o que para a época era um recorde.

No Mr. Olympia de 1999 onde tinha ficado em segundo lugar Flex mencionou o ocorrido, notei como Flex Wheeler estava muito bom e merecia ficar em primeiro ao invés de Ronnie Coleman na ocasião. Eu me lembro de quando assisti a esse Mr. Olympia ainda em (VHS), então sobre isso Flex comentou “ao começar a competir no Mr. Olympia passei a entender que não basta apenas ser bom, muitas coisas entram em jogo como em todos os esportes”. Continuou: “quando fiquei em segundo lugar tinha certeza que estava na melhor forma da minha vida, e não aceitei aquilo, porque eu sabia que tinha vencido”.

Assim sendo Flex conta que em 1999 descobriu uma doença rara que afetava o seu rim e em 2000 ele anunciou a sua retirada dos palcos do bodybuilding. Mas em 2002 Flex conta que decidiu voltar a competir, e desta vez competiu ao natural, “eu queria provar para todo mundo que se eu não posso competir profissionalmente vou competir ao natural”. Então foi para o Mr. Olympia e naquela noite após o evento, acabou no hospital, seu rim já não funcionava bem, de forma que naquele ano de fato ele se aposentou desse esporte.

Mais adiante em sua palestra ele abriu para perguntas da audiência. Antes, porém, disse a todos que era bem acessível e que as pessoas poderiam fazer qualquer tipo de pergunta.

Um detalhe bem interessante e exótico eram os sapatos que Flex usava. De inicio, perguntaram sobre seu sapato, por ter formato anatômico. Contou: “é um tipo diferente de sapato que agora tem nos Estados Unidos”. “Quando você é criança acaba querendo andar com os dedos para fora e nós quando adultos usamos sapatos convencionais fechados, de modo que se repararem nos animais irão perceber que eles, usam todos os músculos dos pés, á fim de obter o máximo de estabilidade nas passadas. Por esse motivo, Flex usava os sapatos abertos, além de serem anatômicos, permitiam o uso dos músculos dos pés”.

Flex Wheeler disse: “passei por problemas dramáticos em sua vida” em seu livro contou várias etapas boas e ruins, uma vez tentou se matar, dar um fim em sua vida. Teve pensamentos suicidas, além de muitas cirurgias, quebrou o pescoço em um grave acidente de carro. Teve uma rara doença incurável, e em 2003 passou por 9 cirurgias. Um transplante de rim, tudo isso em um brevíssimo período de 11 semanas”. Menos de 1 ano. Após o transplante, achou que seu novo rim também poderia ter problemas.

“Quando estava muito doente, decidi que a doença não iria me dominar então pra mim que passei por esses dramas na vida, foi o que me definiu como pessoa, e não quando tudo está indo bem. Se você está com grana todo mundo é seu amigo, tudo é bom e desta forma, tudo é fácil. Isso não define você!” “Então quando você passa por desafios, esses são os momentos que realmente irão te definir como pessoa, como ser humano”. Pensem nisso gente.

“Notei que não era o único que tinha problemas, e se vocês lerem a bíblia perceberão que muitos tiveram momentos turbulentos em suas vidas, para mim o que me ajudou a superar todas essas adversidades foi ajudar as outras pessoas, quando me preparava para um campeonato, eu usava toda a tecnologia possível com o objetivo de ter o melhor resultado no meu esporte, nesta época só pensava em mim mesmo, e quando você ajuda uma pessoa, você está ajudando a você mesmo, se eu dou dinheiro para uma pessoa e ela compra drogas ou alguma coisa que possa não fazer bem a ela, eu estou com minha consciência tranquila pois sei que fiz a minha parte”. Vejam só leitores, este é um testemunho verídico de um grande atleta. Que isso sirva de exemplo para todos nós, afinal quem é que não tem problemas? No fundo achamos que a nossa cruz é sempre mais pesada do que a cruz dos outros, então seja qual for o seu problema, lembre-se: você não é o único e até os grandes atletas passam por tempos difíceis. Erga tua cabeça e siga em frente. Acredite sempre em você, não importa o que os outros venham a dizer!

Mr. Wheeler falou: “tudo o que passei na vida, entre as dificuldades com a minha saúde, os acidentes e os campeonatos, bem como as glorias e vitórias, valeram à pena, e passaria por tudo novamente. E todas essas coisas que lidei fizeram com que eu melhorasse como pessoa e me ajudaram a construir o meu caráter especialmente por ter aprendido com seus erros. Quem nunca errou na vida?” Mas, ressaltou que depende muito de cada um e que de uma forma em geral, o ajuda a mostrar quem você é não importa qual esporte pratique e sim como são aproveitadas todas essas fazes boas ou ruins.

Questionado sobre sua estratégia de treinamento para ganhar massa muscular, Wheeler disse o seguinte: “quanto eu tinha 14 anos costumava dormir de 14 horas por dia! Eu apenas treinava comia e dormia, então acho muito importante ter o máximo de descanso possível, o corpo é uma máquina fantástica e quando você falha na verdade a sua mente é que falha por não ter energia suficiente, de modo que o mais importante é sua dieta, o descanso e com isso você poderá crescer”.

Outro ponto levantado foi a divisão de treino. Quando ele competia, e como é atualmente. Ele respondeu: “minha forma de treinar era sempre a mesma, tanto em (off season) quanto em época de campeonato, a única mudança que fazia era em relação a minha dieta e os meus exercícios cardiovasculares”. “Quanto a dieta, chegava a ficar um período de 3 meses sem a presença de carboidratos”, “e à medida que o campeonato se aproximava, meu corpo sabia o que deveria fazer e meu metabolismo se acelerava, e 24 horas antes do show eu cortava a água”.

Elucidou também outro ponto sobre seu treino, “pra mim, era muito importante ter um guia, um mentor, um treinador ao meu lado enquanto realizava o treinamento na academia. Isso me deixava muito motivado, e a cada treino tentava extrair 100% de mim mesmo”. Outro detalhe interessante dito por ele foi, “quando eu estava treinando procurava fazer o máximo de esforço possível, o corpo não sabe a diferença do peso que estou usando, por exemplo, se eu uso uma quantidade de 100 pounds ou 1000 pounds por 20 repetições tudo o que a mente faz é estimular os músculos para fazer uma grande contração com o objetivo de mover o peso. “Então, não é o peso que eu uso e sim a intensidade”. Os grupos musculares que ele desenvolvia com maior facilidade, eram os braços, até citou que treinar os braços era muito chato, porque eles cresciam rapidamente, e o mais difícil eram as pernas, então ele usava o seguinte critério: treinava com shorts curto para deixar suas pernas à mostra desta forma todos na academia podiam ver, desse ponto em diante ele começou a treinar mais arduamente esse grupo de músculos, e como resultado, elas se tornaram talvez a parte mais forte do seu corpo.

Wheeler afirmou que o bodybuilding não incorpora outros esportes e sim os outros esportes é que se aliam ao bodybuilding, assim sendo, um praticante de boxe, de futebol, basquete, ou qualquer outra modalidade vem para a academia com o intuito de melhorar a sua performance. Há 30 anos isso era um tabu e portanto atletas de outras modalidades esportivas não iam a academia levantar peso achando que talvez poderiam perder a sua mobilidade, e flexibilidade, e só para relembrar há alguns anos o 8 X Mr. Olympia Lee Haney treinou o lutador de boxe Evander Holyfield também conhecido pelo apelido de (The Real Deal). Inclusive em minha opinião, além de Holyfield ter tido grande beneficio junto ao treinamento com peso, também era o lutador que tinha o melhor shape dos lutadores da sua época. Até mesmo o jogador de golfe Tiger Woods utiliza o treinamento com peso a fim de desempenhar melhor suas partidas, ou seja, atletas de todas as modalidades esportivas melhoram com a utilização do treino com peso.

Em relação ao bodybuilding feminino Wheeler deu a sua opinião explicando seu ponto de vista “eu tive o privilégio de competir com algumas bodybuilders femininas como Bev Francis e outras, penso que bodybuilding feminino nos Estados Unidos é muito respeitado, mas infelizmente não é visto da mesma maneira por todos, Dennis James e eu tentados incentivar algumas mulheres a praticar esse esporte pois acho muito bonito, contudo, é uma pena que as mulheres não gerem tanto dinheiro nesse esporte como nós homens, acho que as mulheres deveriam ser tratadas com igualdade, mas isso não acontece, se não houver um bom programa de marketing para mudar isso e mostrar o lado bom desse esporte na categoria feminina, penso que não ira sair desse patamar”.

Em se tratando de métodos para avaliação física perguntaram a Flex se ele teria uma outra forma que não fosse a utilização do espelho. Ele então disse: “o espelho vai ser a coisa mais honesta que irá ter, não importa o que a escola diga.” “Ele é sua melhor ferramenta, mesmo se você usa algum tipo de aparelho e também é importante ter uma equipe a sua volta dizendo o que precisa ouvir para melhorar, e não o que você quer ouvir, e talvez 9 entre 10 pessoas, não possuam uma habilidade necessária para isto”.

Concordo com o que Flex falou, aliás, nem sei por que muitas pessoas ficam neuróticas com o seu peso na balança, de modo a ficarem se pesando todos os dias, ou então medirem isso ou aquilo. Vez ou outra tudo bem, mas sempre não vejo o que isso pode trazer de positivo de um modo geral.

Atualmente, Flex Weeler não está mais totalmente voltado ao mundo do bodybuilding, entretanto, é sócio proprietário e vice-presidente de uma empresa farmacêutica, e tem estado em vários países do mundo falando sobre o assunto. Também administra sua vida familiar com seu filho de 13 anos e tenta fazer com que o garoto possa se encontrar, da mesma forma como ele se encontrou um dia.


A matéria Flex Wheeler: Exemplo de Coragem e Superação foi marcada com: Meeting Probiótica Internacional de Treinamento e Nutrição Esportiva


fonte: tonymassmuscle.blog.spot.com.br

___________________________________________________
SEJA GRANDE, SEJA FORTE, SEJA BIGMONSTRO Twisted Evil




cupertino
MODERADOR MASTER
MODERADOR MASTER

Mensagens : 1430
Data de inscrição : 27/03/2011
Idade : 31
Localização : Templo Gym

http://www.bodynet.com.br/bigmonstro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum