Alerta sobre a soja

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alerta sobre a soja

Mensagem  cupertino em Dom Nov 06, 2011 7:09 am

BOM PESSOAL, VOU POSTAR MAIS UM ARTIGO PARA NOS INFORMAR E NÃO ASSUSTAR HEIM! TIREM SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES.

A soja começou a ser utilizada como alimento durante a dinastia Chou (1134-246 AC), depois que os chineses aprenderam a fermentar os grãos de soja para produzir alimentos como missô e shoyu. Os orientais consomem alimentos de soja em pequenas quantidades, como condimento e não para substituir produtos animais.
* Inibidores de tripsina na soja interferem com a digestão de proteínas e podem causar distúrbios no pâncreas.

* Alimentos de soja aumentam a necessidade de vitamina D no organismo, porém a vitamina D sintética, acrescentada ao leite de soja, é tóxica.

* Os análogos à vitamina B12 na soja não são absorvidos e até aumentam a demanda de vitamina B12 no corpo.

* Alimentos de soja contém altos níveis de alumínio, que são tóxicos para o sistema nervoso e os rins.

* O processamento da proteína de soja resulta na formação de lisinoanalina tóxica e de nitrosaminas altamente cancerígenas. Durante o processamento, também é formado glutamato monossódico, MSG, um potente neurotóxico, e quantidades adicionais são acrescentadas a vários alimentos de soja.

* Altos níveis de ácido fítico na soja reduzem a assimilação de cálcio, magnésio e cobre, bem como a biodisponibilidade de ferro e zinco, necessários para a saúde e o desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso. O ácido fítico na soja não é neutralizado por métodos comuns, como deixar de molho, germinar e cozinhar por muito tempo. Alimentos que contém grandes quantidades de ácido fítico causaram problemas de crescimento em crianças.

* Megadoses de fitoestrógenos, no pó de soja para lactentes, são implicados no atual aumento do desenvolvimento sexual prematuro em meninas e no retardamento do desenvolvimento sexual em meninos. Fitoestrógenos na soja interferem na função endócrina e podem causar infertilidade e podem provocar câncer de mama. Vários estudos revelaram que a soja causa infertilidade em animais. O consumo de soja aumenta o crescimento de cabelo em homens de meia idade, indicando níveis reduzidos de testosterona. Tofu era consumido por monges budistas para reduzir a libido.

Fitoestrógenos na soja são potentes agentes antitireóides que causam hipotireoidismo e podem causar câncer da tireóide. Em nenês, o consumo de leite de soja foi associado a uma doença auto-imune da tireóide. Alimentos de soja podem estimular o crescimento de tumores relacionados ao estrógeno e causar problemas na tireóide. A baixa função da tireóide está relacionada a dificuldades na menopausa.

* Em animais, a alimentação com soja mostra que fitoestrógenos na soja são poderosos disruptores endócrinos. A amamentação com soja - que inunda a corrente sangüínea com hormônios femininos, que inibem a testosterona - não pode ser ignorada como possível causa de desenvolvimento alterado em meninos, incluindo o TDAH, transtorno no déficit de atenção e hiperatividade. Meninos expostos a DES, um estrógeno sintético, tinham testículos menores que o normal na fase de maturação.

* Nenês do sexo masculino passam por uma “onda de testosterona” durante os primeiros meses de vida, quando os níveis de testosterona podem atingir aqueles de um homem adulto. Durante este período, o nenê masculino está programado para desenvolver características masculinas na puberdade - não apenas no desenvolvimento dos órgãos sexuais e de outros traços físicos masculinos, mas também na determinação das características cerebrais do comportamento masculino.

* Nenês alimentados com leite de soja têm 13.000 a 22.000 vezes mais compostos de estrógeno no sangue do que nenês que recebem leite em pó comum. O nenê alimentado exclusivamente com mamadeira de soja, recebe diariamente o estrógeno equivalente a, pelo menos, cinco pílulas anticoncepcionais por dia.

* Quase 15% de meninas brancas e 50% de meninas afro-americanas mostram sinais de puberdade, como desenvolvimento dos seios e pêlo púbico, antes dos oito anos de idade. Algumas meninas mostram desenvolvimento sexual antes dos três anos de idade. O desenvolvimento prematuro de meninas foi relacionado ao uso de mamadeira de soja e à exposição a pseudo-estrógenos ambientais como PCBs e DDE.

* O consumo elevado de fitoestrógenos durante a gravidez pode produzir efeitos adversos no feto e, mais tarde, sobre o início da puberdade.

O FDA nunca aprovou a proteína isolada da soja como GRAS (Generally Recognized as Safe), devido à preocupação com a presença de toxinas e cancerígenos na soja processada.

_____
Fonte: Soy Alert!, Projeto da fundação Weston A Price, Washington, 1999

___________________________________________________
SEJA GRANDE, SEJA FORTE, SEJA BIGMONSTRO Twisted Evil




cupertino
MODERADOR MASTER
MODERADOR MASTER

Mensagens : 1430
Data de inscrição : 27/03/2011
Idade : 31
Localização : Templo Gym

http://www.bodynet.com.br/bigmonstro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Falsos Alimentos Saudáveis: SOJA

Mensagem  cupertino em Dom Nov 06, 2011 7:21 am

Falsos Alimentos Saudáveis: SOJA


Lynne McTaggart & Bryan Hubbard

Ainda precisamos aprender muita coisa para não sermos trouxas perante as estratégias do marketing. Ficamos horrorizados com a produção moderna de alimentos e as técnicas de agricultura intensiva, e é muito bom que procuremos alternativas. De acordo com as estatísticas sobre doenças degenerativas, é óbvio que alguma coisa que estamos comendo está totalmente errada. No entanto, em nosso afã por substituir a nossa alimentação moderna por outra mais saudável e mais humana, é importante não nos tornarmos vítimas dos mesmos interesses mercadológicos que, na realidade, promoveram a produção moderna de alimentos.

O crescimento maciço dos derivados de soja como, alimentos saudáveis, representa um triunfo do marketing - primeiro tivemos o desenvolvimento de uma “necessidade” e em, seguida, a criação de um produto para preencher essa necessidade. As empresas, por trás do cultivo da soja, não são pequenas indústrias de alimentos integrais, mas gigantes como a Monsanto - aqueles mesmos que introduziram os modernos “alimentos” processados. Conseguiram pegar um mantimento intragável, somente usado em pequenas quantidades por certas culturas, e reembalá-lo como um superalimento que poderia até curar condições como osteoporose, altas taxas de colesterol ou sintomas da menopausa.

Esses gigantes da indústria sabem como usar o seu grande poder de influência política. Eles conseguiram que a FDA, a Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos, desse sua bênção, afirmando que é saudável, e conseguiram abafar as informações sobre potenciais riscos à saúde.
Tenha certeza de uma coisa. A maioria dos produtos de soja não é “natural”. São tão processados, adulterados, refinados e “enriquecidos” como laticínios processados, leite “longa-vida” ou até mesmo Coca-Cola. A gororoba, que é o leite de soja ou queijo de soja e até mesmo o hambúrguer vegetal, passa por tantas fases de refinamento quanto o pão branco, pela forma como certas substâncias são retiradas e outras adicionadas para minimizar os problemas para a saúde.

A soja, que é adicionada a tudo, desde hambúrgueres vegetais até as tortas e pães enriquecidos com soja, representa a total degeneração de um alimento tradicional de uma cultura estrangeira. Os asiáticos usam a soja em quantidades mínimas e a soja que usam é saudável, porque é produzida pelos métodos tradicionais de fermentação ou lenta separação (como no misso, no shoyu e no tofu). Eles não consomem a soja nas enormes quantidades que nós usamos como substituição da carne ou do peixe.

Não há nada de errado em ser vegetariano. No entanto, é importante compreender que um alimento não é necessariamente bom para você só porque não contém carne. Os alimentos refinados são prejudiciais à saúde, mesmo se vendidos em uma loja de produtos naturais. O alimento bom é qualquer alimento produzido da maneira tradicional e não manipulado pela indústria. Nem apregoado pelo marketing empresarial.


Visite o site www.slowfood.com da Associação Internacional Slow Food - que visa defender e promover os alimentos tradicionais não industrializados - e entre em contato com a representante brasileira Heloisa Mader Velloso heloisamader@uol.com.br Tel. (11) 5096-1279

fonte: www.curaeascensao.com.br

___________________________________________________
SEJA GRANDE, SEJA FORTE, SEJA BIGMONSTRO Twisted Evil




cupertino
MODERADOR MASTER
MODERADOR MASTER

Mensagens : 1430
Data de inscrição : 27/03/2011
Idade : 31
Localização : Templo Gym

http://www.bodynet.com.br/bigmonstro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum